sexta-feira, 2 de junho de 2017

Tasso tenta convencer bancada mas PSDB segue inclinado a deixar governo Temer


O presidente nacional do PSDB, Tasso Jereissati, se reuniu com a bancada federal do partido para tentar convencer os correligionários a manter o apoio à gestão do presidente Michel Temer. Tasso busca evitar o desmanche da base governista e para possibilitar o avanço das reformas trabalhista e da Previdência no Congresso Nacional.
O encontro durou mais de três horas, mas não foi suficiente para convencer a bancada. Boa parte dos deputados e senadores querem o desembarque na próxima terça-feira (6), quando o Tribunal Superior Eleitoral julga a cassação da chapa Dilma-Temer.
Cresce no PSDB a pressão para que os quatro ministros do partido – Aloysio Nunes (Relações Exteriores), Antônio Imbassahy (secretaria de Governo), Luislinda Valois (Direitos Humanos) e Bruno Araújo (Cidades) – selando o desembarque e provavelmente dando o golpe fatal à gestão Temer.