segunda-feira, 26 de junho de 2017

Forquilha é oficialmente a Capital Cearense do Cinema Popular


O Diário Oficial do Estado, edição de 21 de junho, trouxe a sanção do governador Camilo Santana à lei 16.266, de 20 de junho de 2017. Aprovada pela Assembleia Legislativa, a lei é de autoria do deputado estadual Moisés Braz (PT).
“É um justo reconhecimento a uma vocação do município, que recebe o apoio do poder público municipal. Parabéns a Forquilha e ao prefeito Gerlásio Loiola por esta conquista”, afirmou o parlamentar.
Confira a JUSTIFICATIVA do projeto:
“Forquilha, município da região norte do Estado do Ceará é conhecida como “cidade do cinema popular”. Alcançou notoriedade em nível regional, nacional e até internacional na produção de filmes populares. Produções cinematográficas cujos atores, atrizes, diretores e todos os equipamentos e materiais aplicados são do próprio município.
Localizado a 212 km da capital, Forquilha possui atualmente 23 mil habitantes. A maior parte da população vive na sede, às margens da rodovia BR-222. É neste cenário em que acontece uma manifestação cultural sem precedentes na região: a produção de filmes populares em longa-metragem de ficção, capitaneada por Josafá Ferreira Duarte.
Com destacado talento para as artes audiovisuais, o cineasta Josafá Ferreira iniciou as produções de filmes feitos no Salgado dos Mendes, zona rural do município. Com essas produções, Forquilha passou a ser conhecida por essa arte, atraindo curiosos e até profissionais da área, que passaram a apoiar a ideia. Com isso, outros produtores na região também começaram a mostrar seus talentos e produzir também seus filmes.
A produção cinematográfica amadora e autodidata de Josafá, em Salgado dos Mendes, se apropria da narrativa cinematográfica para construir discursos de resistência política e permitir reflexões sobre temas de interesse local. Ao investigar como são estabelecidas as sociabilidades advindas destas práticas – tanto com relação àqueles que participam das gravações, como com a comunidade que assiste aos filmes – anseia-se desvendar as formas de representação e de compartilhamento de significados desta produção dentro da comunidade a partir da linguagem do vídeo. Deseja-se perceber como se dá a relação entre aspectos da cultura popular (nativa) e o espectro da globalização contemporânea (externa à comunidade).
Por conta da força que as iniciativas cinematográficas vem assumindo, o município sedia todos os anos, desde 2014, o Festival de Cinema de Forquilha.
O Festival, realizado com o apoio da municipalidade, visa incentivar a cultura, prestigiar os artistas locais e potencializar a identidade local com Cinema Popular. Para se ter ideia da relevância da atividade, a cidade de Forquilha já conta com mais de 40 filmes produzidos por artistas locais.
Além disso, o evento, também promove visibilidade às produções amadoras e independentes, gerando a troca de experiências entre artistas, produtores, diretores, distribuidores, público e entidades culturais, de Forquilha, do Ceará e do Brasil.
Por isso, nada mais justo que reconhecer este município, seu povo e sua cultura como Capital do Cinema Popular do Ceará.”
Confira a edição do DOE completa
Veja abaixo a reprodução do DOE com a lei:

forquilha