terça-feira, 20 de junho de 2017

Cinco cidades cearenses terão agências fechadas por falta de segurança, diz Sindicato


O Banco do Brasil decidiu fechar suas agências nas cidades de Madalena, Pedra Branca, Jaguaribara, Pindoretama e Itapiúna, devido à falta de segurança. A informação é do Sindicato dos Bancários que observa que o Banco já vem anunciando que as agências, alvo de criminosos, terão suas atividades encerradas. Somente neste ano foram 16 agências explodidas em ações criminosas no Estado.
O Sindicato dos Bancários afirma que os municípios estão tendo muito prejuízo com as ações dos criminosos, pois as agências explodidas, fazem com que o movimento do comércio caia, aposentados, servidores sejam obrigados a se deslocar para outros municípios para receber seus proventos e salários.
Em cinco meses este ano, o BB foi atacado12 vezes, o Bradesco, 10. O Sindicato trabalha junto a superintendência do Banco para reverter a determinação. Até maio deste ano foram 20 arrombamentos, um assalto, cinco tentativas de arrombamento, duas saidinhas e três ataques a carros fortes, com a morte de um vigilante em 11 de abril, em Fortaleza. Os dados são do sindicato. Os números são parecidos com os ocorridos no mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 33 ataques, mas com menor número de explosões.