quinta-feira, 9 de março de 2017

Aderlânia defende prevenção de câncer no CE


Começou a tramitar, ontem, na Assembleia Legislativa, projeto de lei, de autoria da deputada Aderlânia Noronha (SD) que pede ao Estado para disponibilizar apoio, a ser oferecido ao Sistema Único de Saúde – SUS, de unidades móveis de prevenção ao câncer de mama e de colo uterino para atendimento via rede estadual de saúde.
A parlamentar diz estar preocupada com o aumento “assustador” de cânceres em mulheres no Estado. “Saúde é prioridade, principalmente em se tratando do diagnóstico de câncer, não podemos ficar de braços cruzados, temos que tomar providências”, ressalta.
A deputada apresenta esse projeto ao governador Camilo Santana, para que ele autorize a Secretaria da Saúde do Estado do Ceará resolver a situação, em que muitas mulheres se encontram, muitas vezes em casos avançados da doença. “Essa é uma contribuição importante do nosso mandato aqui na Assembleia Legislativa, para o avanço dos cuidados com a saúde e respeito à dignidade do ser humano sejam atendidos. Seremos pacientes e a lei que propomos introduz as diretrizes dos direitos da mulher na prevenção”, destacou.
Direito
“Todo paciente precisa ser informado, a confidencialidade, as diretivas antecipadas de sua vontade e o direito de receber cuidados paliativos, quando necessários, com assistência integral à saúde por equipes multidisciplinares de prevenção. Esperamos que, se aprovada, a matéria possa dar contribuição decisiva na promoção dos cuidados com a saúde da mulher no Estado do Ceará”, defende a parlamentar.