quarta-feira, 29 de março de 2017

Açude Itaúna, em Granja, atinge capacidade máxima e é o sétimo sangrar no Estado


O açude Itaúna, no município de Granja, foi o sétimo reservatório a alcançar sua capacidade máxima, nesse período de chuvas no Ceará. Nesta terça-feira (28) o açude sangrou para a alegria dos agricultores da região.
Antes, os açudes Acaraú Mirim (Massapê), Caldeirões (Saboeiro), Valério (Altaneira), Maranguapinho (Maranguape) e São Pedro Timbaúba (Miraíma), já haviam alcançado suas capacidades totais. O Tijuquinha, em Baturité, chegou a sangrar neste mês, mas secou devido a uma operação de desassoreamento.
A capacidade máxima do açude Itaúna é de 77,50hm³. As últimas sangrias do reservatório de Granja ocorreram nos anos de 2011, 2009 e 2008. O único manancial, além dos que estão em sangria, com volume acima de 90% é o Gavião, em Pacatuba, que abastece a Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).