terça-feira, 11 de abril de 2017

Prefeitura de Forquilha promove Fórum de Combate as Drogas


 
 
A Prefeitura de Forquilha, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS),visando promover o combate e o trabalho preventivo contra as drogas realizou o Fórum de Combate as Drogas na ultima quinta-feira(06). O evento aconteceu no auditório da Secretaria, a reunião envolveu ex-dependente químico, Líderes Comunitários,Profissionais da educação,Conselheiros Tutelares, Secretários Municipais e Líderes Religiosos.
A Secretária do Desenvolvimento Social participou do Fórum realizando a abertura do encontro juntamente com a Secretária Adjunta Maizé Loiola. No seu pronunciamento falou do desafio que é viver nos dia de hoje, em meio ao crescente aumento do uso de drogas, em todo lugar. “ Podemos contribuir fazendo nossa parte, estamos aqui para discutir e implantar políticas de combate ás drogas, sabemos que é uma problemática que aflige todas as classes sociais”, destacou a Secretária Cleunia Prado.
Abordando o tema “Viva Melhor:Viva sem drogas”, o Padre Ítalo, coordenador da Fazenda Esperança um projeto social que há mais de 9 anos cuida e acompanha pessoas com vulnerabilidade, envolvidas com drogas.
“ É louvável a iniciativa do poder público, um evento como este que reúne representantes de instituições públicas. A droga não precisa ser somente combatida, mais também é uma doença que dever ser tratada, reinserção e valorização dos usuários e seus familiares, na perspectiva de resgate social e humano ” destacou o Padre Ítalo.No fórum foi discutido diretrizes para a elaboração de um projeto piloto de combate às drogas e de assistencialismo aos dependentes químicos.
“ Entrei no mundo das drogas com 08 anos de idade, através de projetos sociais conseguir restaura minha vida” enfatizou ex-dependente químico. Desde do ano passado o COMPOD (Conselho Municipal de Política Públicas sobre Drogas), foi aderido no município. Após o encerramento do Fórum foi formado uma comissão responsável por executar o plano de combate ao uso das drogas.
 
FONTE: PREFEITURA DE FORQUILHA