quarta-feira, 19 de abril de 2017

Cid ataca TCE contra retomada de investigação sobre irregularidades no Castelão


O ex-governador Cid Gomes (PDT) partiu para o ataque contra o Tribunal de Contas do Ceará (TCE) e, particularmente, o procurador de Contas, Gleydson Alexandre, em entrevista ao Jornal O Povo. Cid está inconformado com a retomada das investigações na Corte sobre o processo licitatório do Castelão. O caso voltou a ganhar força com após o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), enviar petição à Justiça Federal no Estado.
No documento, Fachin denuncia, com base na delação do ex-executivo da Odebrecht Benedicto Barbosa da Silva Júnior, acordo entre as empresas do Grupo Odebrecht e Carioca Engenharia para fraudar o processo licitatório do Castelão. Inconformado com a pressão do STF para que a investigação seja retomada, Cid acusa Gleydson de querer “aparecer” e “surfar na onda da imprensa sulista”. O processo já está no tribunal há dois anos.
Pressionado pela petição de Fachin, o presidente da Casa, conselheiro Edilberto Pontes, culpou a burocracia pela falta de avanços na investigação e afirmou que irá pedir relatório para verificar seu andamento. O problema é que a Justiça Federal está bem informada sobre as irregularidades na licitação do estádio e, caso o TCE não forneça um relatório completo sobre o processo, a própria Corte poderá acabar sendo confrontada.